top of page
  • Pontes Vieira Advogados

O que significa M&A e quais são seus elementos?



M&A vem do termo em inglês mergers and acquisitions, que significa fusões e aquisições. O mercado de M&A é repleto de jargões e termos importados do eixo Inglaterra/ Estados Unidos.


O termo “aquisição” é o mais genérico usado para designar operações em geral que visa a compra de ações ou quotas de uma sociedade. A aquisição se inscreve no conjunto de medidas de crescimento externo ou compartilhado de uma empresa, que se concretiza por meio da “combinação de negócios” e de reorganizações societárias.

Estão inseridas na terminologia de aquisição não somente compras de ativos empresariais e participações societárias, e a união de duas ou mais sociedades para a formação de uma terceira, mas também a formação de grupos societários.


Mas no direito brasileiro existem várias operações societárias envolvendo M&A, cada uma com um significado próprio, como conforme iremos descrever:


Fusão significa o negócio jurídico por meio do qual duas ou mais sociedades se unem para formação de uma terceira sociedade. Mesmo que o termo seja comumente retratado para designar uma operação de M&A, entretanto, a fusão é a operação menos utilizada no Brasil, já que nesse tipo de operação todas as sociedades que se unem são extintas, passando a existir uma nova. Dessa união de sociedades, a nova sociedade que surge irá herdar todos os direitos e obrigações das sociedades fusionadas.


Incorporação é a operação pela qual uma ou mais sociedades são absorvidas por outra. Nesse caso, a empresa que absorve fica responsável por todos os direitos e obrigações das empresas absorvidas. Além disso, as empresas que foram incorporadas são extintas, ficando somente aberta aquela que absorveu a(s) outra(s).


Cisão é a operação uma sociedade transfere parte de seu patrimônio para uma ou várias sociedades. Ou seja, observa-se que a cisão nada mais é do que a transferência do patrimônio de uma empresa para outra. Nesse caso a cisão pode ser parcial ou total. Na Cisão parcial, transfere-se somente parte do patrimônio de uma sociedade para outra. Já a cisão total, todos os bens de uma empresa são transferidos para uma outra. Consequência da cisão total é que, como todo o patrimônio foi transferido, a empresa que transferiu seus bens se extingue. Na cisão, deve-se observar que a sociedade que absorver parte do patrimônio da sociedade cindida sucederá a esta nos direitos e obrigações relacionadas no ato da cisão.

Um último ponto, na cisão pode a transferência do patrimônio ser feita para uma sociedade nova ou para sociedade já existente.


Em resumo, em uma operação de M&A, constata que:


Operação de mergers and acquisitions (M&A) mais comum é a aquisição simples de ações ou quotas de uma sociedade.

Na Fusão: união entre duas ou mais sociedade. Surgimento de nova sociedade.

Na Incorporação: absorção de uma ou mais sociedades por outra. Não surge uma nova sociedade.

Na Cisão: transferência de patrimônio de uma sociedade para outra. Transferência do patrimônio pode ser total (cisão total) ou parcial (cisão parcial).


43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page